FALTAS, ESCANTEIOS E MOVIMENTAÇÃO. ARMAS DO MEIA DANIEL PENHA

Jogador tem papel importante no time do treinador Diogo Giacomini

O meia-atacante Daniel Penha chegou como último reforço para o Campeonato Mineiro e hoje é peça importante no time do Coimbra. Entrou no time titular na 5ª rodada do Campeonato Mineiro e não saiu mais. Com boa movimentação e a perna canhota afiada, o atleta caiu no gosto da comissão técnica. “Estava precisando muito dessa sequência, retomar a confiança e principalmente ritmo de jogo. Ter uma minutagem boa é sempre importante. Estar atuando e indo bem era uma meta no início do ano”, revela.

Foto: Henrique Chendes / Coimbra Sports

Com apenas 21 anos, Daniel Penha já tem boa rodagem na carreira. Revelado pelo Atlético-MG, o meia foi campeão mineiro em 2017 e atuou na Série B do Campeonato Brasileiro de 2019 antes de chegar emprestado ao Coimbra este ano. Ele conta que ficou impressionado com a estrutura do Clube: “Coimbra tem uma estrutura de time grande da Série A, academia com ótimos aparelhos, todos os campos bons, isso ajuda muito no crescimento da equipe”.

Foto: Henrique Chendes / Coimbra Sports

Penha é um dos atletas responsáveis pelas bolas paradas do time. Faltas e escanteios sempre passam pelos seus pés e ele está contente com seu rendimento em campo. “Sempre procurei viver o momento, acredito que estou tendo um bom desempenho com a sequência que venho tendo. Creio que estou sendo visto com bons olhos”, conclui.